Sítios de Memória

Sítios de memória e direitos humanos dizem respeito a museus, arquivos, bibliotecas, centros de documentação, blogs, sites ou qualquer tipo de espaço que tem por objetivo fornecer a verdade e construir a memória em um processo de transição pós regimes autoritários das décadas de 1960 a 1980.

Os sítios de memória tratam de um acervo que foi deliberadamente ocultado pelos agentes perpetradores de violência em um regime de cerceamento.

São iniciativas que partiram inicialmente das vítimas e seus familiares, sendo, posteriormente, em contextos de transição democrática, assumidos também pelo Estado.